Sobre experiências

Ando pensando bastante em experiências ultimamente. Você vem ao mundo e é criado como se sua vida tivesse um objetivo lá na frente, algo pelo que você precisa se mexer, se movimentar para chegar lá.

Algumas vezes as pessoas focam tanto um objetivo e se tornam tão obstinadas que, quando o alcançam, olham para trás e pensam: valeu a pena?

Não sou contra os objetivos, acho que eles são legais.

O problema é não aproveitar o caminho que te leva até lá. Perder de vista que a vida não gira em torno do objetivo tão somente, mas sim de apreciar todo o caminho que te levará até lá. O objetivo seria apenas um detalhe, não sem importância, mas um detalhe, um componente do processo.

Escrevendo desse modo me vêm imagens de filmes à memória, clichês bem conhecidos de todos, quando há um milionário infeliz, que deixou os filhos de lado para construir um império no mundo dos negócios, e cuja mulher mantém relacionamentos com outros homens, etc.

Contudo, não é raro eu me deparar com coisas assim. Quando as vejo não entendo seu significado, e até o subestimo, enquadrando-o na chave do “de novo isso!?”. E num instante essas imagens parecem tão cheias de verdade (apesar de caricaturadas para dar margem à célebre frase: dinheiro não traz felicidade).

Certa vez li no Ecce Homo, de Nietzsche, que as pessoas só conseguem aprender aquilo que já experenciaram. Caso contrário você pode tentar comunicar incansavelmente uma idéia, ou o que quer que seja à outra pessoa, mas esta só entenderá de fato o que você quer que ela entenda quando ela experenciar por conta própria.

Talvez tudo isso que escrevo faça sentido somente pra mim, pensando em minhas experiências de vida. Passando até mesmo por aquele outro clichê de que “você sempre se parece muito mais com seus pais do que pode perceber”. Pelo menos eu dou crédito a esse clichê.

Mas um fato que cada vez mais eu noto é que, como certa vez o Henrique Takahashi (reflexoestranscritas.wodpress.com) me disse,  o tempo que você viveu não importa tanto quanto as coisas que você aprendeu, e isso é experiência de vida, e é impagável.

Anúncios

3 respostas em “Sobre experiências

  1. AMEI SEU BLOG, AKI POSSO CONHECER MAIS MEU SOBRINHO , QUE APESAR DE TERMOS CONVIVIDO BASTANTE JUNTOS, NUNCA PUDE TE CONHECER TAO A FUNDO COMO AKI….PARABENS…..POIS VC SE TORNOU UM HOMEM DE CARATER, ESFORCADO,E QUE COM CERTEZA VAI SIM SER VITORIOSO INFALIVELMENTE…….TE ADORO MTO ….BEIJOS TIA MARCELA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s